sábado, dezembro 04, 2010

Mairi: Seminário sobre o Biocombustível será realizado dia 17 na Casa do Agricultor.

A Secretaria de Agricultura de Mairi, FEAM (Federação das Associações de Mairi) e EBDA,  em parceria com a COOPERUNA (Cooperativa dos Produtores Rurais de Uma ltda.),  estarão realizando um seminário no dia 17 (sexta-feira) deste no Auditório da Casa do Agricultor às 8:00 horas para apresentação do PROGRAMA NACIONAL DE BIOCOMBUSTIVEL  executado conjuntamente com a Petrobrás, onde contarão com as presenças do Banco do Nordeste, Banco do Brasil, Bancoob, Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Mairi, Sindicato Patronal e Agricultores Familiar, quando será mostrado a importância da cultura da mamona, que já foi um grande potencial em nosso município e também de outras culturas para produção de Biodiesel, que será mais uma fonte de renda para o agricultor familiar e também para o crescimento da economia no nosso município,  será debatido  também sobre o Credito Fundiário.

Entenda um pouco sobre  :

Os bicombustíveis são fontes de energia renováveis oriundas de produtos vegetais e animais. As principais matérias-primas para a produção são a cana-de-açúcar, beterraba, sorgo, dendê, semente de girassol, mamona, milho, mandioca, soja, aguapé, copaíba, lenha, resíduos florestais, excrementos de animais, resíduos agrícolas, entre outras.

O processamento dessa matéria orgânica origina um óleo, que pode ser misturado aos derivados do petróleo (gasolina, diesel, etc.) ou utilizado puro. Os principais bicombustíveis são: etanol, metanol, biodiesel, bio-óleo, biogás, bioetanol, óleo vegetal e E85. Algumas dessas substâncias possuem uma porcentagem de derivados de petróleo, no entanto, a maioria é formada apenas por produtos de origem vegetal e/ou animal.

Especialistas afirmam que a utilização do biocombustível oferece uma série de vantagens: emite menos gases poluentes durante a combustão, contribui para o aumento de emprego na zona rural, é uma fonte renovável e reduz a dependência de fontes de origem fóssil. Porém, existem opositores ao uso do biocombustível em larga escala. Essa vertente alega que a matéria-prima (alimentos) deveria ser destinada à população, além de uma série de problemas ambientais que podem ser originados pela intensificação das plantações de cana-de-açúcar: perda de nutrientes do solo, erosão, desmatamentos, etc.

O biocombustível é um tema muito importante nas discussões da matriz energética mundial. Sendo assim, ele merece uma análise criteriosa, onde possam ser abordados seus aspectos positivos e negativos. Visando proporcionar conteúdos sobre o tema em questão, disponibilizamos uma seção sobre biocombustíveis, contendo vários artigos sobre suas características, obtenção, vantagens e desvantagens.

Fonte de informações:  Edmundo Pedreira - Superintendente de Agricultura


Atenciosamente: Neliane Rios
Técnica de Base de Serviços de Apoio a Comercialização
Território de Identidade da Bacia do Jacuípe
Tel. 75 81191225

Nenhum comentário:

Torpedos Grátis

Paróquia Pintadense

Portal Bacia do Jacuípe

Polo Pintadas UAB

Secretaria de Educação

Colégio Normal de Pintadas

Localizar no Site